Informação, dicas e tendências ligado ao mundo dos Executivos, Universitários e Empresas.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

"DISCRIMINAÇÃO NO TRABALHO - HIV."

Hoje resolví falar sobre discriminação no trabalho, por ser um problema de "bastidores" de várias empresas, e um tanto delicado de ser discutido.A discriminação , de uma forma simples e objetiva, é a prática de se limitarem ou extinguirem oportunidades aos mais distintos grupos :gênero, raça, religião, portadores de deficiências físicas ou patologias específicas, convicção política, etc. A discriminação pode ser direta, quando é dado um tratamento de forma "menos favorável" a uma pessoa por ela pertencer a um determinado grupo, ou indireta, quando existem regras ou condições no trabalho que se aplicam a todos, mas afeta mais um grupo de pessoas do que o outro.Isso me fez lembrar o início da minha carreira como Nutricionista, quando trabalhei na área clínica diretamente com pacientes soropositivos ( portadores do HIV ).Além de eu acompanhar toda a evolução clínica dos pacientes e adequar a dieta mais eficiente as suas condições, era fundamental que eu travasse uma relação de confiança com eles...isto fazia com que eles não só escutassem os meus conselhos e orientações como profissional, mas que me ouvissem de fato, e os aplicassem da melhor maneira possível em prol de sua saúde.Com isto, eu conversava muito com eles e, principalmente, os ouvia.Me lembro de um certo paciente que ao descobrir que era soropositivo resolveu não comentar nada em sua empresa, e assim ficou por 2 anos sem que seus chefes soubessem.Ele era um executivo da área deMarketing de uma conceituada empresa, e era muito respeitado.Ele me contou que em um determinado momento resolveu dividir isso com um colega de trabalho, e pronto: a notícia se espalhou pelos corredores da empresa, seu chefe acabou sabendo, e ele acabou sendo demitido.É claro que o seu chefe , ao demití-lo, não o fez diretamente pelo motivo de sua doença...mas podem acreditar, ele arrumou outras formas para fazer com que a demissão fosse mascarada e consumada.Quando isso aconteceu o paciente em questão, que apesar de ser portador da doença gozava, naquela época, de boas condições físicas com o tratamento que permanentemente fazia, entrou em um processo de depressão fortíssimo, e após 8 mêses do ocorrido, lá estava ele internado no hospital onde eu trabalhava, totalmente debilitado.E aquí fica uma reflexão: o poder que temos de infuenciar e até mesmo de mudar a vida dos que nos cercam com uma unica atitude.Como se era de esperar ele entrou em um quadro profundo de depressão, que o levou a um estress mental e físico, piorando o seu quadro geral.Em menos de 1 ano ele veio a falecer.Atualmente várias empresas multinacionais possuem uma política interna de AIDS para atender funcionários soropositivos, e isso se traduz em se ter "responsabilidade social".Vamos parar com o preconceito, o mêdo, e a ignorância: somos todos iguais, mesmo que de formas diferentes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário