Informação, dicas e tendências ligado ao mundo dos Executivos, Universitários e Empresas.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

REUNIÃO DE TRABALHO

Já aviso de antemão que esta postagem não tem por objetivo transmitir fórmulas para que suas reuniões de trabalho sejam um sucesso, mas sim para que se reflita sobre o assunto.
A palavra reunião de trabalho entrou muito cedo no meu vocabulário.Me lembro, quando era criança, do meu pai chegando em casa , onde todos aguardávamos para o "cerimonial do jantar" : às vezes ele chegava contente, muitas vezes abatido e cansado, outras vezes meio introspectivo, enfim, e quase sempre ,a primeira frase  dele ao chegar era: -"Boa noite, tudo bem por aqui? Acabei de sair de uma reunião e estou..." aí vinha uma variedade de sentimentos que se alternavam a cada dia,de acordo com o resultado da dita cuja. Com isso, desde  cedo comecei a formar minha opinião  à respeito de reuniões de trabalho. Crescí, e com o tempo ,as tais das reuniões  passaram também a fazer parte da minha vida.É claro, elas são inevitáveis!Mas vamos combinar: o que se gasta de tempo e dinheiro com esses "eventos" chegam a casa do absurdo. O tempo acaba se tornando escasso: são tantas as reuniões que não se sobra tempo para que o funcionário coloque tudo em pratica. Se forem feitas com muita intensidade acabam por refletir em um gasto desnecessário ,além do tempo, com recursos materiais , coffee- break,deslocamentos, e por aí vai. Então, o que fazer? Bem, em primeiro lugar, reflita sobre o seguinte: "Reuniões , em sua maioria, são feitas para se resolverem pendências e/ou problemas que não existiriam caso houvesse sido feita uma reunião produtiva e objetiva antes de se iniciar um determinado projeto".Evite o re-trabalho, e aja sempre de forma preventiva.
Invista  maior tempo, recursos humanos e materiais, energia, e verbas,  na fase de planejamento de um  projeto. Quanto mais eficiente for o planejamento de um projeto, menor será a necessidade de reuniões para se corrigirem desvios. E você, anda participando de muitas reuniões?

Nenhum comentário:

Postar um comentário