Informação, dicas e tendências ligado ao mundo dos Executivos, Universitários e Empresas.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Jogo da verdade: você tem maturidade para relacionar-se?


Relacionar-se com pessoas é, sem dúvida, uma tarefa árdua .  Requer , fundamentalmente, transparência , lucidez , respeito e coragem para enfrentar situações e pessoas adversas.

Se você quer preservar a sua saúde , de seus colegas, e da empresa em que trabalha, seja completo em seus relacionamentos. E ser completo em um relacionamento é interagir nas mais diversas frequências : amizades sinceras, dissimulações, discordâncias e animosidades, aquelas habituais "puxadinhas de tapete", enfim, há de tudo em um ambiente de trabalho, e há de se ter maturidade e destreza para se lidar com esse universo diverso e desafiador.
Em primeiro lugar, posicione-se, e posicionar-se não é somente uma questão de falar o que se sente e o que se acredita, mas é também uma questão de postura. O que importa, nisso tudo, é não ser omisso . Mostre-se aos outros por seus feitos. Ter argumentos fortes somente não basta : convença pelos resultados. Não renuncie a uma ideia ou projeto simplesmente porque a maioria não compartilha de seus propósitos : inclua-os nele de uma forma harmoniosa, indutiva, e que traga vantagens reais à todos. Aliás,aí está a chave de tudo : quando vantagens são compartilhadas, as partes se unem e se completam. Não há mais espaço para o individualismo e interesses próprios. Quando necessário discorde com sutileza, fale com sabedoria, e aja com polidez. Não aceite imposições e grosserias, e não nutra rancores : apenas mostre-se aos outros como realmente você é, e receba assim uma resposta mais desarmada e sincera de seu interlocutor.
Pratique a docilidade. Perante  resistências, não insista; faça como a água : contorne as pedras. Procure encontrar pelo menos 3 boas qualidades naqueles com quem não tem afinidades. Seja tolerante, porém, não confunda tolerância com permissividade : a primeira, expande a consciência; a segunda, embota a inteligência.
Afinal, se você gosta do que faz, e acha que a empresa em que trabalha vale á pena, aprenda a conviver  da melhor forma possível com as pessoas que fazem parte dela.
 É  no mínimo uma questão de respeito consigo mesmo, a sua saúde ,  e a saúde de sua empresa como um todo.

Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário