Informação, dicas e tendências ligado ao mundo dos Executivos, Universitários e Empresas.

quarta-feira, 28 de março de 2012

FECHE OS OLHOS E EXPLORE SEUS SENTIDOS

Imagine chegar à um restaurante e jantar com os olhos vendados, contando apenas com seu paladar e olfato. Esse é o Jantar às Escuras, uma experiência gastronômica para realmente aguçar os sentidos.

Criado em Hamburgo por Andreas Heinecke, um entusiasta da relação entre deficientes visuais e a sociedade, o evento tem como base uma plataforma inventada pelo alemão há mais de 23 anos, o Diálogo no Escuro, em que os participantes experimentam a escuridão com a ajuda de pessoas cegas, com o objetivo de redefinir diferenças e preconceitos.



Estamos sempre tão apressados, tentando controlar nossas vidas e tudo que está relacionado à ela que acabamos esquecendo de nos deixar levar e apreciar os pequenos detalhes do nosso dia-a-dia.

A alimentação, por exemplo, para a maioria é apenas uma questão de sobrevivência em uma semana atribulada, quando deveria ser um momento de prazer, sabor e descanso do corpo e da mente.

Após ter virado febre nos Estados Unidos e Europa desde 1986, como forma da sociedade se colocar no lugar do deficiente visual, esse conceito chega ao Brasil em diversos estabelecimentos, entre eles o Ateliê no Escuro Gastronomia, onde foca na sensorialidade, misturando culinária, nutrição, psicologia, arte e música.

Essa ação faz com que o cliente mergulhe em um universo completamente novo, onde não se pode controlar as emoções, mas sim fechar os olhos e senti-las por inteiro, resgatando sentimentos e sensações que não conseguiríamos atingir de outra forma.



Uma curiosidade que pode ser comentada se refere ao tom de voz dos que participam do evento. Por estarem sem enxergar, as pessoas tendem a falar mais alto do que o normal, além de movimentarem o corpo como se numa tentativa de se fazer ouvir.

"A visão é um sentido muito predominante na nossa sociedade, dependemos muito dela; tirar a visão é proporcionar um re-equilíbrio dos sentidos, poder experienciar o mundo, o ambiente, as pessoas, os estímulos sensoriais, de uma outra forma", comentam Elis Feldman e Maria Lyra, criadoras e proprietárias do Ateliê.

Os resultados são diversos, desde clientes que não aguentam o desespero de abrir mão da visão, até aqueles que se seguram para não tirar a venda, aproveitando essa estimulação gastronômica única.

Além disso, vale destacar a exploração dos sentidos, que faz com que os participantes se aproximem, em uma relação intensa de cumplicidade. É muito comum casais participarem dessa experiência sensorial, como um momento romântico de troca, carinho e apoio.

Informações:

Ateliê No Escuro Gastronomia
Elis Feldman e Maria Lyra
11 3054-3338
contato@atelienoescuro.com.br
www.noescurogastronomia.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário