Informação, dicas e tendências ligado ao mundo dos Executivos, Universitários e Empresas.

segunda-feira, 19 de março de 2012

"Empresas buscam executivos mais didáticos"


Possuir um perfil didático no concorrido mercado de trabalho está sendo valorizado na hora de uma contratação. Estamos na "Era do Conhecimento", e a figura do líder-professor dentro das empresas é oportuna e necessária.

No cenário atual, todo profissional que sabe fazer, precisa aprender a ensinar, principalmente quando se encontra em uma posição de chefia : é a liderança por competência. As empresas estão se tornando cada vez mais grandes "Centros de Conhecimento" e, na contramão, as escolas estão cada vez mais focadas na vida prática.
A empresa moderna passa a ter ares de escola, o que não significa que o treinamento será extinto. É que treinar somente não basta.  Há de se ensinar , e o aprendizado é feito no dia a dia, e os responsáveis pela transmissão de conhecimentos deve ser, principalmente, o supervisor direto, bem como os colegas de área. Assim surge a importante figura do Líder-professor, segundo o Recrutador Maurílio Soares, da Minds Consultoria. Segundo ele, o profissional que demonstra facilidades para lidar com a transmissão de conhecimentos  é, sem dúvida, valorizado.
Por volta da metade do século 20, o SENAI trouxe para o Brasil o método TWI ( Training Withing Industry ), para treinamento dentro do trabalho. O método era muito eficaz, e baseado no seguinte princípio: se o subordinado tentou e não aprendeu, é porque o Supervisor não ensinou. Ou seja, há mais de meio século a necessidade de se aprenderem tarefas no cotidiano de trabalho já era colocada em questão. E continua cada vez mais válida.
Portanto, caro líder, não basta somente que você tenha uma enorme "bagagem profissional" e conhecimento de fato em sua área : você tem que saber transmitir o máximo possível do seu conhecimento para os seus subordinados . Crescem todos : seus subordinados, cada um dentro da sua capacidade de assimilação,  a sua equipe como um todo,  a sua empresa, e você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário